Artigo no jornal O Globo destaca importância do PALC.

Fonte: http://www.sbpc.org.br/?C=2092

O artigo Bons resultados, assinado pelo diretor de Acreditação e Qualidade da SBPC/ML, Wilson Shcolnik, publicado no jornal O Globo (RJ), em 2 de março, destaca a importância do Programa de Acreditação de Laboratórios Clínicos (PALC) para a melhoria da qualidade dos exames.

Segundo o autor, os serviços de saúde e a população têm se beneficiado dos avanços tecnológicos que contribuem para melhorar a qualidade de vida mas, por sua complexidade, também são responsáveis por incidentes que afeta a segurança dos pacientes.

“A medicina laboratorial é parte essencial e de valor de sistemas de assistência à saúde. Ela é crucial. Como garantir resultados exatos e confiáveis? Como os usuários de serviços de saúde podem realizar escolhas?”, pergunta Shcolnik.

Segundo o diretor da SBPC/ML, a criação do PALC representou uma resposta a alegações e evidências de más práticas, erros inexistência de padrões e fraudes, e significou uma iniciativa de garantia de qualidade e melhoria contínua nos laboratórios.

De acordo com Shcolnik, desde o lançamento do PALC observa-se “uma mudança positiva na cultura e nas práticas dos laboratórios clínicos brasileiros quem, em sua maioria, precisaram se 'reinventar', capacitando pessoal e atualizando suas práticas”.

Ele destaca que os laboratórios acreditados pelo PALC realizam cerca de 300 milhões de exames por ano, o que corresponde a 30% dos que são realizados no país, por laboratórios públicos e privados.

Em seu artigo, Wilson Shcolnik lembra que o Programa de Divulgação da Qualificação dos Prestadores de Serviços na Saúde, lançado em 2011 pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), “pretende tornar públicos os atributos de qualidade da rede própria e contratada pelas operadoras de planos de saúde que atendem beneficiários do sistema de saúde suplementar”.

A divulgação vai estimular as operadoras a qualificarem os prestadores de sua rede, prestigiando os laboratórios clínicos que são acreditados. “Os usuários, que esperam receber serviços de qualidade, agora poderão buscar no selo de acreditação uma orientação para suas escolhas”, conclui Shcolnik.