Coma com ciência !!!! Os cientistas do Centro de Genomas estão dando o que falar...

Medicina Personalizada 4P Genômica® do Centro de Genomas ganha destaque na mídia com entrevista da nutrigeneticista dra. Aderuza Horst conversando sobre os benefícios do teste de Nutrigenética desenvolvido pelos nossos cientistas.

Saiu mais uma matéria na mídia sobre o teste de Nutrigenética da Medicina Personalizada 4P Genômica® do Centro de Genomas.

A nossa nutrigeneticista dra. Aderuza Horst falou no editorial Bônus Saúde deste mês da revista Shape Brasil:

“Identificando isso, é possível personalizar a dieta, focando nos pontos fracos, para se manter em uma faixa saudável”, fala Aderuza Horst, nutrigeneticista do Centro de Genomas, doutora em Ciências dos Alimentos pela USP.

Outro exemplo é o metabolismo das vitaminas. “Quem tem boas concentrações de vitamina E e toma suplemento pode prejudicar o coração, pois diminui o colesterol bom e aumenta os triacilgliceróis, o que compromete a saúde cardiovascular”, explica a nutricionista.

O nutrólogo e diretor da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN), Antônio Elias de Oliveira Filho, indica o exame o quanto antes:

“Se possível, ainda quando se é bebê para entrar com uma medicina preventiva”.

Depois de feito o teste, que precisa ser prescrito por um médico ou nutricionista, é hora de mudar de vida: “Auxiliamos na interpretação do exame e discutimos o caso com o profissional para direcionar melhor a alimentação, que na maioria dos casos já resolve o problema”, revela Aderuza.

“O teste custa R$ 2.100. Vale lembrar que ele não exclui outros exames de rotina solicitados pelo médico”, fala Aderuza.

Ainda na matéria, a administradora Natasha Vilhena, que já fez a sua nutrigenética diz:

“Descobri que tenho tendência a altos níveis de colesterol ruim, o que aumenta minhas chances de ter doença cardiovascular. Por isso, foram indicados a diminuição da ingestão de gordura saturada e mais exercícios físicos. Também tinha o hábito de comer carboidrato só pela manhã, mas meu exame mostrou que não tenho problema com isso e agora consumo as versões integrais em outras refeições. Minha disposição melhorou muito e já eliminei 2kg.”

Exercite o direito de conhecer o seu próprio código genético! Fale com o seu médico e/ou nutricionista.