A influência do genótipo em ADRB2 no gasto energético de mulheres obesas

Um estudo publicado na revista Lipids por Rosado e colaboradores (2015), mostrou que a presença de polimorfismos em ADRB2 e os fatores ambientais podem influenciar no gasto energético e no status nutricional de mulheres obesas.

O receptor beta adrenergético 2 regula a taxa metabólica basal e está envolvido na mobilização dos estoques de energia via lipólise e glicólise. SNPs nesse gene estão associados com o risco do desenvolvimento de obesidade.

O objetivo dos pesquisadores foi avaliar a influência do polimorfismo no ADRB2 (Gln 27Glu) no consumo de lipídios, na prática de atividade física, no gasto energético e no status nutricional de mulheres obesas. Participaram do estudo 60 mulheres de 20 a 49 anos de idade, sendo divididas em três grupos, de acordo com o genótipo: 

imagem

As participantes foram avaliadas antes e após a intervenção nutricional:

imagem

 

O estudo foi realizado em duas fases: Dieta Teste e Dieta de Intervenção (Hipocalórica), segundo o esquema a seguir:

imagem

Não houve diferença estatística em relação ao consumo de macronutrientes entre os grupos. No entanto, para os genótipos Gln27Gln e Gln27Glu, o consumo de carboidratos foi de 50% e 50,5%, respectivamente. Ao passo que o grupo Glu27Glu foi de 47%.

imagem

 

 

As mulheres Glu27Glu mostraram diferenças no consumo de ácidos graxos, com predominância do AGMI (ácido graxo mono-insaturado), quando comparados antes e depois da intervenção.

O estudo ainda mostrou que o grupo Glu27Glu respondeu melhor ao gasto energético e à oxidação de lipídios quando comparado aos demais grupos. Estudos anteriores desse grupo de pesquisa mostraram que mulheres obesas respondiam melhor à perda de peso e à manutenção da perda quando consumiam dieta com até 49% de carboidratos, fato este que corrobora com dados do presente estudo no quesito de reduzir o risco para a obesidade. 

imagem

 

Referências:

Martínez JA, Corbalán MS, Sánchez-Villegas A, Forga L, Marti A, Martínez-González MA. Obesity risk is associated with carbohydrate intake in women carrying the Gln27Glu beta2-adrenoceptor polymorphism. J Nutr. 2003 Aug;133(8):2549-54.

Rosado EL, Bressan J, Martínez JA. Environmental factors and beta2-adrenergic receptor polymorphism: influence on the energy expenditure and nutritional status of obese women. Lipids. 2015 May;50(5):459-67.